Imposto de Renda 2020: Quem deve declarar

Se você se enquadra nas regras de pagamento do Imposto de Renda, a declaração do IRPF 2020 será obrigatória. Mas você sabe quem deve declarar o imposto de renda 2020? A receita Federal divulga uma tabela nova todos os anos, e para tirar as suas dúvidas, vamos explicar a seguir detalhadamente quem deve declarar o IRPF 2020.

Em 2020, a Receita Federal do Brasil estima que até 40 milhões de Brasileiros entreguem a declaração da DIRPF 2020 (Declaração de ajuste anual do Imposto de Renda). Os contribuintes que devem declarar o Imposto de Renda têm até o dia 28 de abril para entregar a declaração.

Quem deve declarar Imposto de Renda 2020
Quem deve declarar Imposto de Renda 2020

Cronograma Imposto de Renda 2020

O imposto de renda 2020 e feito com base no rendimento anual do trabalhador, sendo assim o mesmo deve declarar todos os bens adquiridos no ano anterior ao de exercício da declaração do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física).

O prazo para entregar a declaração do imposto de renda termina no dia 28 de abril de 2020, ás 23:59. As declarações que não forem entregues até a data limite estarão sujeitas a pesadas multas por atraso pela Receita Federal.

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2020?

Nem todos os brasileiros economicamente ativos são obrigados a realizar a entrega da declaração do imposto de renda. E mesmo que precisa declarar o imposto de renda 2020 não necessariamente vai precisar pagar imposto – em alguns casos, poderá até receber parte do valor pago retido na fonte de volta.

Porém, é muito importante que o contribuinte saiba quem deve declarar o imposto de renda 2020 para não deixar pendencias com a Receita Federal, já que essa costuma ser muito rigorosa com o controle das contribuições;

O imposto de renda não é obrigatório para todos os trabalhadores, só declaram o imposto de renda aquelas pessoas que são se enquadrarem em 1 ou mais dos critérios indicados seguir:

  • Renda tributável – Só é necessário declarar o imposto de renda os cidadãos que possuem rendimento anual maior que R$ 28.559,70, ou seja, trabalhadores que recebem mensalmente um salário maior do que R$ 2.196,90;
  • Renda não-tributável – Pessoas que tiveram os seus rendimentos não tributáveis acima de R$ 40.000,00;
  • Renda retida na fonte – Contribuinte com renda retida na fonte poderá fazer a declaração para realizar o ajuste anual do imposto de renda, e obter restituição de parte do imposto.
  • Renda rural – Precisam declarar o imposto de renda trabalhadores com renda bruta da atividade rural superior a R$ 142.798,50 no ano base;
  • Compensação por perdas no Campo – Contribuinte produtor rural que não tenha contribuído com o imposto de renda no ano anterior, que querem compensar perdas na terra, é obrigado a efetuar a declaração do imposto de renda no ano seguinte, sendo assim o produtor rural ficam dois anos isentos sem pagar o imposto de renda, exceto se ele ganhar igual ou um valor maior a R$ 128 mil reais por ano, sendo assim neste caso o mesmo estaria isento;
  • Posse de bens de direito – Quem terminou o ano base com bens (veículos, terrenos e imóveis), com valor avalizado acima de R$ 300.000,00;
  • Estrangeiros – Contribuintes estrangeiros que passaram à condição de residentes no Brasil no ano passado;
  • Bolsa de Valores e Capitais – Aos contribuintes que investiram em bolsas de valores, por qual seja o valor investido, deve também fazer a contribuição ao Governo Federal, pois todo é qualquer valor investido na bolsa de valores é tributado;

Isenção imposto de renda 2020

Nem todos os brasileiros se enquadram no perfil de declaração do imposto de renda 2020. Muitos brasileiros possuem a chamada isenção do imposto de renda, ou seja, não são obrigados a pagar ou declarar o IRPF 2020.

Confira a seguir quem não precisa declarar o imposto de renda 2020:

  • Renda tributável – Só é necessário declarar o imposto de renda os cidadãos que tenham renda tributável inferior a R$ 28.559,70;
  • Portadores de doenças graves – Portadores de doenças graves, descritas na lei 7.713/88;

Declaração do Imposto de Renda 2020

Um bom exemplo de rendimento não tributável é as férias e abono salarial, outros benefícios tais como vale transporte e alimentação e bolsas de estudo também são rendimentos não tributáveis.

É importante ressaltar que a não declaração do seu imposto de renda, se o contribuinte se enquadra na obrigatoriedade é considerado crime, pois sonegar imposto é crime sujeito a multa e detenção de no mínimo até 02 anos em regime de prisão fechado.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (4 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta